Aprenda Como Melhorar a Dicção

Nesse artigo vamos entender o que é dicção, quais são os problemas mais comuns de dicção que as pessoas possuem e as impedem de se expressar com clareza.

Além de uma lista com 20 trava-línguas e exercícios que irão te ajudar a melhorar a sua dicção para falar bem e cantar de forma clara e objetiva.

Não existem diferenças entre os exercícios de dicção para fala ou para o canto, portanto com um tiro você irá se beneficiar nos dois aspectos.

Além disso, se você chegou nesse artigo e não é cantor, saiba que cantar é uma das melhores práticas no auxílio do desenvolvimento de uma boa dicção.

Portanto, o que você irá aprender aqui serve tanto para cantores que desejam melhorar a dicção para cantar melhor, quanto para pessoas que desejam aprender a falar da forma correta no seu dia a dia.

Leia até o final e deixe sua opinião, sugestão ou dúvida na sessão de comentários deste do artigo.

O Que é Dicção

Dicção é maneira como uma pessoa se articular ou pronuncia as palavras.

As pessoas que possuem uma boa dicção têm a capacidade de pronunciar as palavras de forma clara e correta o que facilita a compreensão e a comunicação.

Obviamente, quem possui uma dicção ruim está do lado oposto, ou seja, são pessoas que não conseguem emitir todos os sons corretos para pronunciar as palavras e podem criar ruídos de comunicação ou não são facilmente entendidas por quem as ouve.

A Importância de Uma Boa Dicção

Ter uma boa dicção é importante em vários aspectos da vida.

Quando falamos em comunicação de forma ampla, a dicção é importante para garantir que sua mensagem seja entendida com exatidão pelo ouvinte.

Dicção - Homem falando em público

E isso é fator essencial de crescimento nos ambientes profissionais e sociais.

Agora, quando falamos de um cantor a dicção não é apenas um diferencial é uma obrigação.

Isto porque cantar uma música é uma expressar sons, sentimentos e palavras.

Então, é preciso que cada palavra seja articulada com precisão para que o ouvinte saiba exatamente o que o cantor está dizendo.

Embora tanto a melodia da música e a afinação do cantor sejam importantes, se as palavras não puderem ser compreendidas a música poderá ficar sem sentido.

Repare quantas vezes você já presenciou uma apresentação ao vivo onde você não conseguiu ouvir corretamente o que o cantor estava dizendo.

Consegue se lembrar de quão frustrante isso foi?

Algumas vezes isso pode acontecer por problemas técnicos como o volume do microfone ou por uma má equalização.

Mas quando o problema está na dicção do cantor, não há técnica avançada, afinação, vibrato, melismas, drive ou qualquer coisa que salve a reputação do cantor.

Portanto, seja no aspecto pessoal/profissional para transmitir uma confiança e clareza na sua comunicação, quanto para desenvolver suas habilidades como cantor.

Ter uma boa dicção é essencial e você precisa treinar e desenvolver essa característica.

Problemas de Dicção Comuns

De forma geral os especialistas apontam que problemas de dicção ou de fala podem estar associados a 3 grandes grupos de conforme detalhado abaixo:

  1. Problemas de natureza neurológica:

Esses problemas podem estar associados a dificuldades motoras vinculadas ao sistema nervoso cerebral que dificultam a movimentação responsável pela produção dos sons da fala.

  1. Problemas de natureza muscular:

Nestes casos os problemas de fala podem estar associados a alterações nos órgãos específicos como músculos da face, língua, lábios e demais órgãos envolvidos.

  1. Problemas de natureza fonológicas:

Esses são os tipos de problemas mais comuns. Apesar de ter todas as funções neurológicas e físicas em perfeito estado a pessoa possui algum tipo de problema para pronunciar algumas palavras ou fonemas específicos.

É importante ressaltar que se você possui um problema crônico em qualquer um desses pontos é preciso que você procure um especialista que irá te auxiliar com um tratamento específico para o seu caso.

Em geral um Fonoaudiólogo é o profissional adequado para esses casos.

Entretanto, a maioria dos casos está mais associado ao último caso, onde a pessoa está com os órgãos em perfeito estado, porém por falta de prática ou maus hábitos de fala a pessoa não possui a habilidade de se expressar de forma correta na pronuncia de algumas palavras ou sons do idioma.

Como Melhorar a Dicção

Agora que já sabemos quais tipos de problemas podem estar associados à problemas na dicção, vamos entender quais são as possíveis soluções para melhorar.

Para os dois primeiros grupos de problemas que são de natureza neurológica e natureza muscular a solução definitiva é procurar auxílio especializado de um Fonoaudiólogo ou Otorrinolaringologista.

Para clarear a diferença de atuação dessas duas especialidades, veja: um Otorrinolaringologista, na maioria dos casos é o profissional que vai descobrir a existência de um problema vocal, já o tratamento desse problema é conduzido por um Fonoaudiólogo.

Nos demais casos, você poderá melhorar sua dicção realizando conjuntos de exercícios específicos que irão te auxiliar na melhor pronuncia.

Os problemas de natureza fonológicas também podem ser divididos em grupos menores e vamos abordar nesse artigo e nos exercícios os problemas mais comuns, que são:

  1. Pronuncia de Vogais,
  2. Pronuncia de Ditongos, Tritongos e Hiatos (encontros de vogais),
  3. Pronuncia de Consoantes,
  4. Pronuncia de Encontros Consonantais.

Você entendendo que esses 4 grupos correspondem à maioria problemas de dicção, facilita em muito encontrar qual deles é o seu problema e se concentrar para resolvê-lo.

Grave e Ouça a Sua Voz

A melhor forma de descobrir quais elementos você precisa de mais atenção nos treinos é gravar a sua própria voz e ouvir o que você já faz correto e o que faz de forma errada.

Quanto mais gravar e ouvir, mais terá consciência de sua própria voz e dos pontos a melhorar.

Use esse recurso para aprimorar todo o seu desenvolvimento, no início dos treinos e depois dela para checar os resultados e perceber a sua melhora que será gradativa.

Exercícios de Dicção – Com Caneta

Vamos começar nosso conjunto de exercícios com um dos mais comumente realizados por quem deseja aprimorar a dicção.

Antes de executar os exercícios é muito importante que você faça exercícios de aquecimento vocal.

O exercício é simples, basta travar os lábios em uma posição utilizando algum objeto pequeno, pode ser um lápis ou uma caneta.

Exercício dicção - caneta na boca

Em seguida leia as frases ou trava-línguas que estarão disponíveis logo abaixo.

Concentre-se em articular bem a boca para conseguir produzir o som da palavra de forma mais perfeita possível.

Repita o procedimento várias vezes e em seguida, sem a caneta ou objeto nos lábios, leia as mesmas frases articulando de forma correta e perceba que já irá notar algumas melhoras.

Exercícios de Dicção – Trava-língua

Neste tópico listamos algumas frases ou trava-línguas que você irá utilizar nos exercícios com o uso da caneta.

Cada frase deve ser lida calmamente.

Primeiro é preciso dizer corretamente aquilo que se lê.

Num segundo momento, depois de já se ler o texto com alguma segurança, deve-se tentar dar a entoação e o ritmo que parecerem mais adequados para cada frase.

  1. O mameluco melancólico meditava e a megera megalocéfala, macabra e maquiavélica mastigava mostarda na maloca miasmática. Migalhas minguadas de moagem mitigavam míseras meninas.
  2. O rato, ratazana, o ratinho, roeram as rútilas roupas e rasgaram as ricas rendas da rainha dona urraca de rombarral.
  3. Se os seis sábios são susceptíveis, seguramente sereis satisfeitos.
  4. Sófocles soluçante ciciou no Senado suaves censuras sobre a insensatez de seus filhos insensíveis. Suave viração do Sueste passa sussurante sobre sensitivas silenciosas.
  5. O tempo perguntou ao tempo qual é o tempo que o tempo tem. O tempo respondeu ao tempo que não tem tempo para dizer ao tempo que o tempo do tempo é o tempo que o tempo tem.
  6. Um rapaz tendo uma Zebra metida num casarão, desancou-lhe um dia a febra que a pôs magra como um cão.
  7. O rato roeu a rolha da real garrafa do rei da Rússia. O Borges relojoeiro ruminara roendo raspas de raiz de romãzeira. O tambor rufará rápido: três rufos e seis batidas, para o remador desamarrar rente o remo e remar contra a corrente.
  8. A sábia não sabia que o sábio sabia que o sabiá sabia que o sábio não sabia que o sabiá não sabia que a sábia não sabia que o sabiá sabia assobiar.
  9. Um doido destes de pedras, por nome Andrónico André, casado com dona Aldonça, que em vez de dois, tinha um pé.
  10. Rififi de piriquiribi viril chincrin e tiguimirim, inimissíssimos de pirlimpimpim. Imbiri incio, pirim, quis distinguir piquiritis de chibis miris, timbris de dissímil piriquiti.
  11. O grugru dos murututus, mutuns, tuputus, jutus, juburus e urutumuns. O lusco-fusco do morundu do sul púrpuro de lux. O zumzum do fundo do mundo é imundo.
  12. Florência, Francisca, Eufrásia, todas de fraldas de folhos, foram fazer uma festa de filhós, bifes, repolhos.
  13. O acróstico cravado na cruz de crisólidas da criança areana criada na creche é o credo católico.
  14. Um prato de trigo para um tigre, dois pratos de trigo para dois tigres, três pratos de trigo para três tigres … dez pratos de trigo para dez tigres.
  15. Num ninho de mafagafos, cinco mafagafinhos há! Quem os desmafagafizá-los, um bom desmafagafizador será.
  16. O desinquivincavacador das caravelarias desinquivincavacaria as cavidades que deveriam ser desinquivincavacadas.
  17. Perlustrando patética petição produzida pela postulante, prevemos possibilidade para pervencê-la porquanto perecem pressupostos primários permissíveis para propugnar pelo presente pleito pois prejulgamos pugna pretárita perfeitíssima.
  18. Não confunda ornitorrinco com otorrinolaringologista, ornitorrinco com ornitologista, ornitologista com otorrinolaringologista, porque ornitorrinco, é ornitorrinco, ornitologista, é ornitologista, e otorrinolaringologista é otorrinolaringologista.
  19. Disseram que na minha rua tem paralelepípedo feito de paralelogramos. Seis paralelogramos tem um paralelepípedo. Mil paralelepípedos tem uma paralelepipedovia. Uma paralelepipedovia tem mil paralelogramos. Então uma paralelepipedovia é uma paralelogramolândia?
  20. Comprei na feira do Rato, no largo das amoreiras, arroz de peru num prato arranjado pelas freiras. Sabia a chouriço moiro; era comer e gritar! Carne, rins, recheio coiro, roí sem resto deixar.  Porém, fiquei muito doente, tanto que o doutor Cabral me receitou para o ventre raspas de unicórnio e tal.

Conclusão

É extremamente importante que você aprimore sua dicção e aprenda a pronunciar as palavras da maneira correta.

Portanto faça os exercícios propostos acima e concentre-se na pronuncia das vogais e das consoantes articulando bem os lábios.

Assim você irá melhorar bastante a forma como se comunica e a forma como canta.

Conhece outros trava-línguas que podem ser usados para treinar a dicção? Compartilhe conosco nos comentários!

Aprenda Como Melhorar a Dicção
5 (100%) 5 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *