Respiração Para o Canto: Tudo O Que Você Precisa Saber

Técnica VocalRespiração diafragmática ou respiração de canto.

Você alguma vez já percebeu que não consegue respirar a respiração enquanto canta e você já desafinou por não ter ar suficiente para alcançar as notas corretas?

E você já desejou poder ter uma respiração melhor e efetiva para cantar?

Se sim, você não está sozinho. E, felizmente, você PODE aprender a usar a respiração diafragmática para cantar e nunca mais perder o fôlego ou desafinar por faltar ar nos momentos certos.

É muito mais fácil do que você pensa. Aqui estão as dicas de como você pode aprender a usar a sua respiração corretamente para cantar.

Nós já discutimos como a fonte do cantar e falar pode ser considerada a respiração, mas como você sabe se está respirando corretamente?

“Respirando corretamente” – Parece algo óbvio, afinal temos que respirar todos os dias para sobreviver, então você pode pensar que já estamos respirando corretamente.

Bem, para uso diário, nós somos bons em respirar. Mas respiração para cantar é um pouco diferente.

Quando você faz uma corrida ou anda de bicicleta pelo seu bairro, você irá começar a respirar mais e cada vez mais rápido.

Você notará que quando você faz isso, você respira com seu tórax.

Os ombros levantam e seu peito se estende em um movimento ascendente, e sua garganta empurra o ar para fora de seu corpo.

Enquanto está em repouso e respira profundamente, acontece o mesmo. Este ciclo de respiração não oferece o melhor suporte para emissão de som e volume, que são necessários para cantar.

Cantar pode exigir muito ar em situações onde longas notas ou frases são mantidas sem respirar.

Além disso, o controle da emissão de ar é fator indispensável para cantar afinado.

Então, algo deve ser feito para atender a essas situações.

A respiração correta para cantar requer alguns pequenos ajustes.

Respiração pelo diafragma

Em primeiro lugar, seus ombros devem parar de aumentar. Para fazer isso, você precisa se concentrar mais na respiração com seu diafragma.

O que significa que você deve respirar movimentando sua barriga de forma bem exagerada ao inalar e exalar o ar.

Em segundo lugar, o ar deve estar deslizando suavemente através de sua garganta e não ser empurrado com força.

Empurrar o ar com força pode causar maior pressão sobre as cordas vocais e levar a problemas.

Fazer esses dois ajustes pode ser difícil no início, especialmente quando você começa a cantar uma música respirando dessa forma.

Sua mente provavelmente não está focada em quanto seus ombros estão aumentando ou seu estômago está se expandindo.

Mas você precisará colocar bastante atenção nisso e treinar bastante.

Técnica de respiração para cantar

Vamos entender, passo a passo, qual o processo de respiração correto que você deve usar para cantar.

Comece com a respiração pelo seu diafragma. Vamos explicar exatamente como fazer isso.

Imagine que sua barriga é um balão e você está enchendo esse balão com ar.

O balão fica tão cheio que ele se torna um círculo. Ele está enchendo e está se expandindo para fora, certo?

Ao respirar profundamente, faça como aquela brincadeira de criança, que estufa a barriga para imitar mulheres grávidas. Cuidado para não empurrar seus quadris para a frente.

Respiração de canto - Inspiração

Deixe seus músculos abdominais se expandirem e deixe o ar fluir naturalmente dentro de você, o seu diafragma naturalmente fará o trabalho dele.

Agora que seu balão está bastante cheio, você deve iniciar a etapa de esvaziamento.

Quando você esvazia um balão, você deixa o ar sair suavemente ele se contrai e você segura a ponta para que ele não voe enlouquecidamente ao redor. Você vai fazer o mesmo com o ar em sua barriga.

À medida que você deixa o ar sair suavemente, comece a pressionar o seu estômago de volta como se estivesse apertando o balão para esvaziar.

Respiração Diafragma - Expiração

Você não deve contrair seu abdômen com força total, mas você deve poder sentir-se apertando-o ligeiramente.

Depois que o ar está fora de seu corpo, seu estômago deve voltar para a posição normal em que estava antes de começar a inalar.

Para referência futura, chamaremos esse processo inteiro de uma respiração de canto.

Sim, é só isso. Mas não é tão fácil quanto parece. Seus hábitos respiratórios normais querem que você faça o contrário disso e expanda seu peito e levante os ombros.

Será preciso um pouco de prática e foco para poder respirar com o diafragma. Vamos discutir um exercício de respiração para ajudá-lo com isso mais tarde.

Forma correta de soltar o ar

Agora vamos falar sobre deixar o ar fluir da sua boca em vez de forçá-lo com a garganta.

O que você não quer sentir é o apertar e a força na garganta de imitar latidos de cachorro.

Vá em frente e tente fazer a sua melhor imitação de um bravo pitbull latindo. Você deve sentir sua garganta apertada e isso vai ser realmente um pouco desconfortável.

Esse desconforto é exatamente o que você acabará se sentindo depois de cantar com a garganta por um longo período de tempo.

Relaxe suas cordas vocais por um momento até que não haja mais estresse ou tensão sobre elas.

Agora respire fundo e mova sua boca para uma posição de assobio sem apertar seus músculos e sopre lentamente o ar.

Você não deve fazer o som do assobio, vai ouvir apenas o som do ar deslizando através da sua boca.

Deve ser leve e calmante, e fraco o suficiente para não apagar o fogo de uma vela.

Exercício de respiração diafragmática

Observe como sua garganta se sente relaxada. É assim que deve ser enquanto você está cantando; você não quer que o ar seja expulso da sua garganta.

Se você sentir que este pequeno exercício está esticando sua garganta, considere ampliar o espaço aberto de sua boca e usar menos posição de assobiar.

Exercício de respiração para o canto

Agora, vamos usar o que você acabou de aprender sobre a respiração para o canto e a forma correta de soltar o ar e colocá-los em um exercício de respiração que vai te ajudar a cantar melhor.

Este exercício deve ser feito duas vezes por dia com uma quantidade razoável de tempo.

Se você começar a sentir algum mal-estar, então pare o exercício e continue depois. Vamos chamar este exercício de respirações controladas.

Você vai fazer uma respiração de canto, enchendo o seu balão abdominal e deixando o ar sair de forma suave como se estivesse apagando uma vela, mas fraco o suficiente para não apagar o fogo.

Todo o processo deve realmente ser bastante difícil no início e requer muito foco.

Você precisa ter certeza de que está fazendo isso lentamente e que você monitora o seu movimento estomacal e a forma como deixar o ar passar pela garganta.

A melhor maneira é ficar na frente de um espelho para observar o movimento do seu estômago. Em seguida, coloque a mão na garganta enquanto faz as respirações controladas.

Você deve observar se consegue sentir algum movimento na garganta enquanto respira. O movimento deve ser o mínimo possível, então, se você notar uma grande quantidade de movimento, você precisa melhorar o controle sobre a suavidade da sua expiração.

O exercício de respirações controladas podem ser desconfortáveis no início e devem ser desconfortáveis se você não tiver tido treinamento prévio para respirar enquanto canta.

No entanto, fazê-los durante um período prolongado de tempo aumentará sua capacidade de ar enquanto você canta e permite que você segure as notas por um longo período de tempo. Eles também ajudarão a prevenir a tensão vocal.

Você vai fazer o processo das respirações controladas com repetição de 6 vezes para começar, e fará isso duas vezes ao dia.

No dia seguinte, você aumentará em 2 repetições e continuará a aumentar as repetições em 2 todos os dias até chegar a 20. Ou seja, no primeiro dia fará 6 movimentos de respiração, no segundo dia fará 8, e assim sucessivamente.

Uma vez que você sinta que pode fazer mais repetições, e isso é muito bom, então você deve começar a usar a respiração enquanto canta músicas fáceis prestando muita atenção em cada movimento.

Conclusão

As técnicas de respiração são sempre um tema amplamente discutido quando se fala sobre cantar. Alguns professores de canto afirmam que a respiração é a única coisa que mudará sua voz.

Na realidade, técnicas de respiração sempre podem ser usadas para ajudar com seu desempenho vocal. Você irá notar na prática o quanto isso vai influenciar na sua forma de cantar.

Então você agora sabe sobre a fonte da sua voz e sobre como controlar sua respiração. A última coisa que vamos discutir em nossa série de Técnica vocal para iniciantes é a postura. Para continuar na última parte desta mini série e aprender sobre a postura, clique aqui: Técnica vocal para iniciantes – Postura.

Respiração Para o Canto: Tudo O Que Você Precisa Saber
5 (100%) 7 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *