Técnicas vocais para iniciantes – A Fonte do Som

Técnicas vocais para iniciantes. Nesta série de técnica vocal em três artigos você vai aprender os principais e essenciais conceitos e técnicas para se tornar um bom cantor.

Ao final deste conteúdo você irá compreender o de onde vem o seu som, como usar a respiração diafragmatica, ter uma postura correta para cantar .

Cantar é uma arte uma forma de expressão de tirar o fôlego em centenas de formas possíveis – que vem de fontes de muitos tipos diferentes.

Humanos, pássaros, baleias, morcegos, ratos e muitos outros animais são extremamente sortudos para poder produzir esses maravilhosos sons.

Mas quantos deles podem realmente cantar?

Milhões de pessoas desejariam poder cantar como os cantores profissionais, mas não sabem como usar seu potencial vocal completo.

Qualquer pessoa pode aprender a cantar?

Sim, qualquer pessoa pode cantar. Porém, o que a maioria dessas pessoas não percebe é que para ser um excelente cantor precisa de muita prática, assim como qualquer outro esporte ou atividade que você deseja exercer.

É muito comum ouvirmos falar que canta bem quem nasce com um dom especial. Porém isto não é necessariamente verdade absoluta.

Analise a história do seu cantor favorito, é bem provável que ele pratica seu canto desde 5 a 10 anos de idade.

E esta é a maior verdade sobre qualquer conhecimento: tudo que você praticar muito com amor e carinho, invariavelmente, você será bom nisso.

Todo mundo pode cantar

O dom que esses cantores podem ter, é amar a música e cantar desde muito pequenos, assim você facilmente encontra um adolescente com 15 anos de idade, que canta maravilhosamente bem, e muitos olham a idade e dizem que ele nasceu com um dom, por ser tão jovem, porém esse jovem canta desde os 5 anos e já tem 10 anos de prática cantando todos os dias vida.

E mesmo que você já não seja mais uma criança, mas você ama cantar, faz aulas de canto e praticar isso todos os dias nos próximos meses, você com certeza será um ótimo cantor.

Por isso é tão fácil afirmar que qualquer pessoa pode aprender a cantar bem e afinado, desde que a pessoa ame cantar e pratique muito, e isto serve para qualquer outra coisa que você deseja aprender.

Mas, antes de começar a praticar e aprender a cantar melhor, você deve ter conhecimento sobre a fonte do seu som.

Técnicas vocais para iniciantes – A Fonte do Som

Seja você é iniciante ou já tem algum conhecimento sobre técnica vocal, é essencial entender os conceitos básicos sobre a fonte do som.

Há uma série de “instrumentos” que você usa para cantar. Seus pulmões, diafragma, cordas vocais (pregas vocais), músculos da garganta e músculos abdominais são os principais.

Anatomia sistema de respiração - A fonte do som

Você os usa inconscientemente toda vez que você fala e canta. No entanto, um grande cantor aprenderá a controlar algumas dessas áreas e manter-se consciente delas ao cantar.

Os pulmões, o diafragma e os músculos abdominais ajudam no ato de respirar. Quando você inala, seu diafragma ajuda a controlar a quantidade de ar em que você respira.

Você pode sentir o estômago expandir à medida que isso acontece; está se enchendo como um balão. Então, enquanto solta o ar, você está exalando.

Suas cordas vocais só podem produzir som quando há ar fluindo para fora de seu corpo (exalando), então pode-se dizer que a fonte de cantar e falar é a respiração.

É por isso que é importante ter um bom controle de respiração se quiser se tornar um grande vocalista. Mais tarde, iremos falar mais sobre a respiração.

As Cordas Vocais e Registro Vocal

As cordas vocais trabalham com você enquanto você respira para criar diferentes níveis de som. Cada corda vocal tem suas próprias qualidades únicas de som, tom e volume.

Você pode controlar como você usa essas pregas enquanto canta para criar notas diferentes (como as notas baixas de Barry White e as notas altas de Mariah Carey).

Barry White

Mariah Carey

Eu conheço pessoas que se confundem com o conceito de notas baixas e notas altas. Se você se confunde também, vou te dar uma dica que vai te ajudar a decorar isso. Toda vez que você ouvir falar em notas baixas, lembre-se do instrumento contra-baixo que apesar do nome, produz as notas mais graves na música(veja também: Curso Baixista Completo).

Estas pregas também são conhecidas pelos seus diferentes registros vocais. Não fique tão atrapalhado nos termos, cordas ou pregas vocais são a mesma coisa.

Muitos cantores categorizam suas notas vocais em duas áreas principais: a voz de peito e a voz de cabeça.

Embora não haja uma definição oficial para esses termos, geralmente é dito que a voz de peito lida com seus registros vocais inferiores e a voz de cabeça lida com os registros vocais mais altos.

É importante ter uma ideia geral sobre o que esses dois termos são porque eles são mencionados todo o tempo por cantores e professores de canto.

Todos os registros vocais são diferentes. Uma pessoa pode ter uma pequena extensão vocal, enquanto outra pode ter uma enorme.

Depende do seu corpo, especialmente das diferentes formas e tamanhos dos “instrumentos” vocais que você tem.

É por isso que todos têm seu próprio som único quando falam e cantam. Mesmo os melhores imitadores não são capazes de replicar exatamente igual a voz de outra pessoa.

No entanto, qualquer pessoa pode melhorar e ampliar seu alcance vocal através de práticas e técnicas adequadas.

Você pode ler sobre a melhor maneira possível de fazer isso aqui: Cursos de Canto Online, onde falamos sobre os benefícios de fazer aulas de canto online e como escolher o curso mais adequado para você.

Se você ainda não pode adquirir um curso de canto online completo, você ainda pode melhorar as suas técnicas vocais seguindo as dicas de canto gratuitas que temos aqui no cursosdecanto.com.br .

Agora que você conhece um pouco sobre onde os sons do canto vêm, é importante aprender a controlar sua respiração enquanto canta. O próximo artigo dessa série será: Técnicas vocais para iniciantes – Respiração.

Técnicas vocais para iniciantes – A Fonte do Som
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *