Barítono -

Barítono: principais características dessa voz

aula de canto online

aulas de canto

Barítono é uma voz intermediária masculina, ela se destaca por variar entre notas graves e agudas, muitas vezes facilitando o processo do canto.

Como você provavelmente já sabe, a classificação vocal é uma forma de ajudar os cantores a conhecerem sua própria voz. Dentre as 6 principais categorias – sendo 3 masculinas (tenor, barítono e baixo) e 3 femininas (contralto, mezzo-soprano e soprano), elas dividem o alcance vocal para definir as notas mais confortáveis para cada pessoa.

Nesse caso, a voz barítono se destaca por ser capaz de flutuar entre o tenor, voz mais aguda, e o baixo, voz mais grave. Se você não entendeu, não se preocupe porque ainda vamos explicar isso!

De uma forma geral, vale a pena lembrar que a classificação vocal não é limitante. Isso significa que se você for tenor, não significa que não conseguirá alcançar notas mais graves. É justamente para isso que servem os treinos e os estudos.

Porém, sem mais delongas, vamos começar a falar sobre o assunto central desse texto. Afinal…

O que é a voz barítono?

Voz barítono

O termo barítono se refere aos sons intermediários da voz masculina. Dessa forma, ela se torna equilibrada, grave, aveludada e com menos agilidade. Logo, é mais suave que o tenor, porém não tão imponente quanto o baixo. Sua extensão vocal engloba do SI2 ao SI4.

Sua versatilidade facilita o processo de canto justamente porque as pessoas conseguem transitar entre as notas graves e agudas. Na ópera, por exemplo, existem diversos papéis reservados para esses cantores.

Esse tipo de voz é muito encontrado no Brasil. Como abrangência, podemos dizer que, em países frios, o barítono pode ter a extensão vocal entre G2 e B3. No coral, do D2 ao G4 e, em casos mais raros, pode abranger até mesmo do E♭1 ao B4.

Quais são os tipos de barítono?

Características da voz barítono

É comum que as pessoas tenham dúvidas em relação aos tipos de barítono. Afinal, se o cantor atinge tanto as notas graves, como as agudas, como é possível identificar aquelas com as quais ele se sente mais confortável?

Basicamente, podemos dizer que, sim, existe uma diferença entre barítonos mais graves ou mais agudos. Tudo depende da região vocal dos cantores e, para facilitar o enquadramento, existem subdivisões que ajudam a distinguir os cantores de acordo com o timbre e ritmo.

O trabalho de mapeamento vocal é muito importante para quem quer se tornar um cantor profissional. Afinal, o especialista será capaz de identificar a sua tessitura e avaliar os esforços das pregas vocais de acordo com cada nota. Dessa forma, será muito mais fácil montar o seu plano de estudos conforme os seus objetivos.

Tudo isso é feito para evitar o seu desgaste vocal e ajudá-lo a superar limites!

Na música popular, é comum dizer que o barítono tem grande versatilidade porque as passagens podem ser controladas com mais facilidade. Além disso, a extensão vocal costuma ser mais vasta que outros cantores.

Porém, uma dificuldade que você vai encontrar é o fato de que a maioria das canções masculinas são feitas para tenores. Portanto, ao performar uma canção, pode ser que você precise mudar o tom.

Vale ressaltar mais uma vez que a classificação vocal é limitante. Então, se você for barítono e quiser cantar uma canção feita para tenores ou baixos, não se preocupe! Basta treinar ou ajustar o timbre da canção para que ela se encaixe em sua voz.

Quem são os artistas com a voz barítono?

Como é a voz Barítono

Para que você consiga entender melhor as características dessa voz, separamos uma lista de alguns artistas que se enquadram nessa categoria. Você vai ver como as vozes são distintas! São exemplos:

  • Jim Morrison;
  • Calvin Harris;
  • André Valadão;
  • Drake;
  • Alex Turner;
  • Eddie Veder;
  • Chico Buarque e;
  • Herbert Vianna.

Além disso, o cantor Freddie Mercury também se enquadra como barítono. Porém, como você bem sabe, a voz do vocalista do Queen consegue atingir notas bastante agudas. Logo, essa é a versatilidade que pode ser almejada pelos cantores da categoria!

Outro ótimo exemplo de voz barítono é o cantor Xororó. Muito conhecido pelo clássico grito de “Galopeira!”, ele transita com conforto entre as notas mais agudas e as notas mais graves.

Em suma, o barítono é o cantor com a voz intermediária e que pode treinar sua extensão vocal para que notas de ambas as categorias sejam executadas com conforto!

Caso você ainda tenha dúvidas sobre o tema, deixe o seu comentário no espaço abaixo. Aproveite também para divulgar o artigo em todas as suas páginas nas redes sociais. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *